quinta-feira, dezembro 17, 2015

O Pingus gostou destes: Os eleitos de 2015

A lógica é a mesma, a ideia é igual. Não há qualquer alteração, nem tem qualquer intuito em ser aquilo que nunca foi e que nunca será. É o bláblá de sempre.


É mais uma selecção de vinhos e que partilho. Como sempre e para não destoar, a sua escolha assenta em aspectos muito obscuros, tendenciosos e amplamente emocionais. Não há, portanto, quaisquer critérios. São meras notas soltas. Todos eles respeitam uma condição: foram referidos ou mencionados no meu pasquim e não noutros lugares.

O resto, como devem perceber, são assuntos sem importância. Eu gostei destes e vocês gostarão de outros. Constatação normal na vida de homens e mulheres. 

E até para o ano, se a vida quiser!

Sem comentários: