quarta-feira, abril 26, 2017

Trivialidades de um Gajo

Não sei se acontece convosco, mas existem vinhos e determinadas combinações gastronómicas que só fazem sentido se estivermos no local apropriado. No lugar deles. Costumava dizer que estávamos perante vinhos e comidas étnicas, tribais.


Fazem sentido, têm coerência, por alguma razão, apenas num determinado lugar. No seu lugar. E enquadrados pelo cenário certo, adquirem uma dimensão impossível de ser copiada noutros espaços. Roçam quase o superlativo, mesmo sabendo que não são mais do que trivialidades de um povo. E minhas.


Já fiz a tentativa de reproduzir os mesmos momentos, as mesmas situações noutros locais e tenho que assumir que o prazer não é comparável. Nada sabe igual. Fica-se descontextualizado, faltam outros adereços, como os cheiros, as vistas, as pessoas. Cai sobre nós um certo vazio, provavelmente causado pela impossibilidade de não estar lá, no lugar certo.

1 comentário:

Anónimo disse...

Um chamam a isso o "Espírito do Lugar" ou 'genius loci', outros chamam a isso o verdadeiro 'terroir'. É maravilhoso quando o sentimos presente sem precisarmos de rótulos nobres e pontuações altas dadas por quem tem pouco mundo!